Concluindo a apresentação das categorias do Top of Mind de RH 2019, hoje o protagonismo é dos fornecedores para o mercado de RH. As categorias a seguir valorizam aqueles que trabalham por uma área de Recursos Humanos mais eficaz, dinâmica, moderna e inovadora, oferecendo os melhores serviços para empresas e, claro, para os colaboradores.

Fornecedoras para o Mercado de RH

  • Benefício Medicamentos

Um dos benefícios cada vez mais requisitados dentro das organizações, o PBM (Programa de Benefícios em Medicamentos), contemplavam, até o início do ano passado, 2,5 milhões de brasileiros, segundo a Associação Brasileira das Empresas Operadoras de PBM (PBMA). A perspectiva do mercado de planos de medicamentos é positiva e a tendência é crescer exponencialmente. Apostar no Benefício Medicamento não só contribui para aumentar o engajamento, como também para cuidar da saúde do colaborador, reduzir o absenteísmo e reter mais talentos.

  • Benefício Refeição

O famoso “VR” é o queridinho de muitos colaboradores. E saem na frente no quesito engajamento as empresas que não oferecem um valor aleatório, mas sim justo, identificando a média de valores dos restaurantes da região. E para suprir a demanda por um dos benefícios mais desejados, os fornecedores devem investir no melhor atendimento, serviço e oferta.

  • Benefício Vale-Transporte

As pessoas estão mudando a forma de se locomover. Seja para evitar situações desagradáveis ou para cortar os gastos cada vez mais contundentes, o transporte público nunca esteve tão em voga, o que justifica que esse benefícios seja cada vez mais importante e estratégico.

  • Coaching

Desenvolver o autoconhecimento, tornar metas e objetivos claros, auxiliar a identificar os pontos fortes e a potencializar os pontos de melhoria, alinhar vida profissional e pessoal. Estes são alguns dos exemplos que reforçam a importância de contar com um bom serviço de coaching. Mais do que um caminho para alavancar a carreira, é também suporte contínuo que visa melhorar a qualidade de vida.

  • Conservação e Limpeza

O termo “conservação e limpeza” não se resume ao seu significado literal. Para ser um diferencial nessa categoria, em meio à força que o setor de serviços vem ganhando, a mais alta qualidade e eficiência deve fazer parte dos serviços prestados, assim como a diminuição dos custos operacionais e um trabalho humanizado que valorize a equipe e minimize os riscos trabalhistas.

  • Consultoria de Benefícios

Benefícios não são somente uma obrigação trabalhista ou “bondade” das organizações. Muito pelo contrário. Os benefícios estão diretamente ligados a uma gestão mais estratégica. Um bom plano de benefícios é chave para engajar, reter talentos e fortalecer o crescimento da empresa.

  • Consultoria para RH

Não é novidade que a área de RH está assumindo uma nova postura. Nesse processo de mudança, o setor adota um papel mais estratégico e tomador de decisões. Contudo, será que os profissionais da área estão integrados a esse novo formato? Ou melhor, será que estão prontos para levar o RH ao próximo nível? Nesse processo, a consultoria certa é um importante diferencial.

  • Controle de Frequência

Com a chegada do eSocial, as empresas precisam ter mais cautela nos controles de seus processos. O controle de frequência não é um problema incomum para as organizações que não investem em alternativas eletrônicas. Por conta disso, é imprescindível que as companhias escolham o melhor fornecedor.

  • Convênio Assistência Médica/Seguro Saúde

“Estreante” no Top of Mind, a categoria representa a unificação de duas categorias presentes nas premiações anteriores: Assistência Médica/Seguro Saúde. A unificação destaca ainda mais os fornecedores que oferecem as melhores soluções de saúde. Em época marcada pelo crescimento de doenças psicológicas – muitas em decorrência do trabalho -, por exemplo, a saúde do trabalhador requer uma atenção nunca antes vista.

  • Convênio Assistência Odontológica

Para mais de 70% dos funcionários, o plano odontológico é um benefício de grande importância. Por conta das fragilidades da saúde pública, oportunidades de trabalho que ofereçam convênio médico e odontológico são tão visadas que muitos colaboradores aceitaram uma redução salarial.

  • Educação à Distância (E-Learning)

Tempo é valioso, assim como a educação. A educação à distância não tem mais o estigma de outrora, quando ainda havia um certo preconceito do público em relação ao seu método, para se tornar uma ferramenta prática, moderna e inovadora de ensino, treinamento e desenvolvimento. Apostar no E-Learning é investir no futuro e, acima de tudo, no presente.

  • Educação Executiva

O icônico empreendedor norte-americano Henry Ford, fundador da Ford Motor Company, tem a si atribuída a seguinte frase: “A única coisa pior do que treinar os seus funcionários e vê-los partir é não treiná-los e vê-los permanecer”. Em um Brasil no qual a educação se mostra tão em baixa, investir na melhor formação para desenvolver líderes é um diferencial competitivo para qualquer organização, além, claro, de ser um ganho inestimável para o currículo e a carreira de quem busca se desenvolver.

  • Espaço para Eventos Corporativos

Por mais que a tecnologia seja aliada de qualquer corporação, engana-se quem pensa que ela se sobressai às atividades humanas. O prato perfeito é conduzido por uma receita de adaptabilidade, engajamento, produtividade, assertividade e, claro, assertividade, nas mãos de um líder que saiba como prepará-la. No ambiente certo estará o ingrediente que tornará cada receita única.

  • Medicina Ocupacional

O ambiente corporativo clama por serviços de qualidade destinados à Saúde e Segurança do Trabalho. Embora hoje muito se fale sobre o impacto de distúrbios psicológicos sobre os profissionais, os acidentes e doenças de trabalho seguem com índices alarmantes. Somente entre 2012 e 2017, foram registrados 4 milhões de acidentes de trabalho, o que gerou um prejuízo de R$ 26 bilhões e 315 milhões de dias de trabalho perdidos. E, certamente, o que há de mais a se lamentar, as mais de 15 mil vítimas fatais.

  • Palestrante

Se destacar como palestrante é saber se reinventar. Adaptar o discurso, inovar na forma como passa a mensagem e, mais importante, aprender ao mesmo tempo em que ensina. O mercado de palestras cresce em um ritmo forte e maduro.

  • Segurança Patrimonial

Por melhor que seja a experiência oferecida aos consumidores, uma empresa terá dificuldade para prosperar caso não ofereça igual qualidade aos seus colaboradores. Pensar no bem-estar da equipe de trabalho move o RH estratégico.

  • Serviços de Alimentação Coletiva

Segundo pesquisa divulgada no livro ’40 Anos do Programa de Alimentação do Trabalhador – Conquistas e desafios da política nutricional com foco no desenvolvimento econômico e social’, lançado em novembro de 2017 pela Fundação Instituto de Administração (FIA), um benefício que auxilia na alimentação do trabalho é imprescindível para 93% das organizações do país.

  • Sistemas de Folha de Pagamento

Se prender a sistemas antigos e arcaicos de folha de pagamento é atuar contra a área de Recursos Humanos. Investir em um recurso inovador é garantia de economia de tempo e dinheiro, à medida que o trabalho se desenvolve de forma mais dinâmica, completa e precisa.

  • Site para Recrutamento

São muitos – enfatize o ‘muitos’ sem moderação – os sites de emprego espalhados por aí. Contudo, quantos realmente são efetivos em seus processos e oferecem ao candidato uma experiência completa, intuitiva e desafiadora na dosagem certa, sem se tornar um incômodo ou um labirinto para se cadastrar um currículo? Com recursos cada vez mais tecnológicos, diversos portais de recrutamento se tornaram aliados poderosos para quem busca se recolocar no mercado de trabalho. E esses merecem destaque.

  • Tecnologia para Gestão de RH

Você certamente, em algum momento, já deve ter ouvido o termo ‘transformação digital’. E a modernização trazida por ele ganha ainda mais força quando aplicada em um dos setores mais importantes de qualquer empresa: os recursos humanos. Com uma gestão que alia o humano ao digital, a eficácia se constrói com a otimização do tempo, redução de custos e abertura para que o RH se desenvolva como uma mais ativa e estratégica.

  • Temporários & Efetivos

Em maio de 2018, durante evento na Asserttem (Associação Brasileira do Trabalho Temporário), o na época ministro do Trabalho, Helton Yomura, afirmou que “o mercado de trabalho temporário tem papel fundamental na recuperação da economia nacional”. Ele acrescentou, inclusive, que o trabalho temporário é uma das principais portas de entrada para o mercado formal. Além disso, com a implementação da nova lei da Terceirização, o outsourcing ganhou uma atenção ainda maior, inflamando o mercado de temporários e também de efetivos.

  • Treinamento e Desenvolvimento

Se antes boa parte das empresas não dava a devida atenção ao T&D, hoje, esse cenário pede por mudanças. Os investimentos em Treinamento e Desenvolvimento no Brasil ainda não são empolgantes, mas a nova dinâmica do mercado pode contribuir para as organizações prestarem mais atenção no tema. Principalmente com a chegada dos millennials ao mercado, os gestores vêm identificando o quanto se tornou mais complexo reter bons talentos dentro das empresas. Os profissionais procuram por propósito e valorizam planos de carreira e ofertas de desenvolvimento e crescimento. Quem não se propõe a atender a demanda, tende a permanecer em um crescente ciclo de turnover.